entrevista filipe

Teatros da Recriação Histórica

teatros recr historica

No decorrer da Agenda Cultural, realizaram-se, no passado sábado, os teatros da Recriação Histórica, no Auditório Municipal de Baião.
Estas peças tinham sido ensaiadas para apresentar durante a Recriação Histórica do passado mês de Maio, mas devido às más condições climatéricas que se fizeram sentir na altura, foi impossível apresenta-las no tempo e locais próprios.
Deste modo a União das Freguesias de Campelo e Ovil desafiou o Grupo de Cidadãos da Freguesia que estavam envolvidos a levarem a cabo a apresentação das cenas que tanto trabalho lhe tinham dado a preparar. Por volta das 22h:30 subiu ao palco o primeiro grupo que encenou uma sátira sobre os primeiros senhores de Baião. Foi apresentado, em jeito de comédia, o momento em que os monges do Convento de Santo André recebiam as rendas. A peça “Com Quantas Moedas se Faz uma Cadeia”, mostrou o momento em que a população deixou de receber os condenados em casa, pois foi mandado construir uma prisão para esse fim. Por último o grupo de Campelo e Ovil encenou em três atos o roubo do medalhão do senhor de Baião, esta peça, tal como as outras, proporcionaram momentos bastantes divertidos que provocaram as gargalhadas da plateia.
Foi um serão passado com muito boa disposição, que mostrou que na nossa terra há pessoas com muito talento.

Desenvolvido por:

logotipo globalang webdeveloping