liga cancro

fepodabes

covid19 topo

Iluminação LED no concelho de Baião

led publica

O Concelho de Baião desde o ano de 2014 que tem vindo a investir na eficiência energética remodelando a rede da iluminação pública. Assim, e com o intuito de tornar o nosso concelho também um amigo do ambiente, irá substituir até meados do próximo ano as luminárias tradicionais por LED's.
A autarquia poderá deste modo poupar até 60% na fatura da eletricidade.


O investimento está ao abrigo de uma candidatura aprovada que foi submetida ao Programa Operacional Regional do Norte – Norte 2020, inserida no objetivo temático que visa apoiar a transição para uma economia de baixo teor de carbono de todos os setores e conta com um investimento total de 1.306.958,75€, financiado em 95% por fundos comunitários através de uma subvenção reembolsável.
Tratando-se de uma subvenção reembolsável, o município irá ter que devolver 95% da verba comparticipada no prazo de 7 anos após a substituição das luminárias: 2 anos de carência após a conclusão dos trabalhos e 5 anos de pagamentos, divididos em 9 prestações.
Paulo Pereira, presidente da Câmara Municipal de Baião, explica que “graças à poupança que vai ser possível alcançar pela diminuição do consumo de energia elétrica, é expectável que, ao longo de 7 anos, a redução de custos permita financiar uma boa parte da verba a reembolsar pelo Município no âmbito da candidatura. Após os 7 anos iniciais, o Município passa a gerir toda a verba poupada durante a vida útil dos equipamentos”.O procedimento de concurso para a execução destes trabalhos já foi iniciado e encontra-se em fase de análise de propostas. A operação tem como finalidade a melhoria das condições de luminosidade no sistema de iluminação pública e a identificação de oportunidades para otimizar o desempenho energético. Pretende-se reduzir o consumo energético, potencializar a racionalização dos consumos energéticos e redução de gases com efeito de estufa.A substituição da iluminação vai, ainda, promover a redução em 63,3% de CO2 que é enviado para a atmosfera a partir de Baião, com impacto positivo na diminuição do efeito de estufa.Para Henrique Ribeiro, vereador que tutela o pelouro do Ambiente da Câmara Municipal de Baião, esta troca das tradicionais lâmpadas pela tecnologia de ponta vai permitir “reduzir a fatura mensal, enquanto permite, também, diminuir os custos de manutenção e assegurar uma longa vida útil das luminárias”, diz.Paulo Pereira, presidente da Câmara Municipal de Baião, ciente da importância de se reduzir, ainda mais, a pegada ecológica que Baião deixa no planeta tornando o concelho ainda mais amigo do ambiente, sublinha que “ embora Baião já tenha um saldo positivo em relação às emissões de carbono, fruto da sua mancha florestal, é de sublinhar a relevância desta medida para o objetivo mais abrangente de cumprimento das metas europeias e nacionais de redução das emissões de gases com efeito de estufa, permitindo responder à necessidade de adaptação da sociedade às alterações climáticas e melhorando a eficiência energética. No futuro poderemos, até, pensar em ligar mais luminárias pelo concelho e estender os períodos de iluminação, o que neste momento não é possível. Esta tecnologia de iluminação tem outra vantagem, ainda”, diz Paulo Pereira, porque “em função de determinadas circunstâncias, emite mais ou menos luz, minimizando os desperdícios”.

Desenvolvido por:

logotipo globalang webdeveloping